Transtorno de Panico Curitiba (41) 3039-1890 (41) 9643-7333 saude@lincolnandrade.com.br
A Espiral De Eventos Que Intensifica A Crise De Panico

A espiral de eventos que intensifica a crise de pânico

Durante um típico ataque de pânico, ocorre aquilo que é chamado de espiral, loop ou ciclo do pânico, que é composto pelas seguintes fases, onde uma fase amplifica a ação da fase seguinte:

a) Taquicardia, chamada popularmente de palpitação ou “batedeira” no peito. Neste momento o paciente sente disparar o batimento cardíaco, e sente a pulsação cardíaca como muito forte, “marteladas” no peito. Esse sintoma da crise de pânico faz soar um alarme, gerando medo de crise e de ataque cardíaco

b) A pessoa sente a pulsação irregular, parecendo que está falhando, o que em medicina é conhecido como extrassístoles. Isso é um evento normal quando o sistema nervoso é ativado, mas causa mais medo de que a pessoa esteja sofrendo um ataque cardíaco.

c) Com o aumento do medo, a pessoa costuma evoluir com vertigem. A vertigem faz a pessoa se sentir insegura e com medo de desmaiar diante de estranhos ou em situação em que não haja ninguém para prestar socorro. A vertigem é causada pelo aumento da frequência respiratória e é muito incomum que ocorra um desmaio de fato, mas a pessoa sente como se isso fosse ocorrer e tende a respirar com mais intensidade.

d) Dificuldade de respiração ou sensação de sufocação. A sensação de respiração difícil ou apertada é causada por ansiedade intensa, e faz a pessoa ter a sensação de que não está obtendo ar suficiente, que vai ficar sem respirar, o que aumenta ainda mais a angústia e faz a pessoa respirar com mais força.

e) O aumento da força para respirar, na busca de lidar com o medo de ficar sem ar e sufocar faz com que o oxigênio no sangue aumente, o que gera sensação de formigamento ou agulhamento na pele.

f) Medo de perder o controle ou enlouquecer. Com o avanço dos sintomas físicos da crise de pânico a pessoa acometida sente que está perdendo o controle ou de estar enlouquecendo, pois alguns sintomas da crise causam sensação de distanciamento ou de estar fora do corpo ou da realidade.

g) Todos os sintomas acima funcionam como uma cascata, uma sequência onde um evento agrava o seguinte, intensificando a crise.

Resultado de imagem para panic cicle

Portanto, o que está acima descrito é a cascata de agravamento da crise de pânico. E o  tratamento de transtorno de pânico envolve ensinar o paciente a interromper a cascata, para não se tornar cronicamente dependente da medicação. Na Clínica Dr. Lincoln Andrade ensinar o paciente a  interromper a cascata do pânico é um dos objetivos centrais do tratamento do transtorno de pânico. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *