Transtorno de Panico Curitiba (41) 3039-1890 (41) 9643-7333 saude@lincolnandrade.com.br

Ansiedade (Fobia) social e síndrome do pânico

Resultado de imagem para social phobia

Ansiedade social ( ou fobia social) é um quadro de ansiedade caracterizado por ativação excessiva do sistema nervoso em situações de contato e exposição social, como festas, apresentações públicas, busca de aproximação amorosa e outras situações. A ativação excessiva do sistema nervoso caracteriza-se por ansiedade, tremores, sudorese, sensação de falta de ar, formigamento de membros, sensação de tontura e fraqueza nas pernas, angústia e muitos outros sintomas físicos e psicológicos que dependem da intensidade da fobia social.

Quanto mais intensa a ansiedade desencadeada em determinada situação social, maior a ativação do sistema nervoso e maior o risco de surgirem crises de pânico, também conhecidas como crises de ansiedade paroxística episódica.

Por esse motivo, não é incomum que pessoas com ansiedade fóbica social grave apresentem também histórico de crises de pânico, assim como muitos apresentam transtorno de pânico associado à fobia social. É importante lembrar que a diferença entre a crise de pânico e o transtorno (síndrome) do pânico é que no transtorno o quadro é crônico, persistente e tende a recidivar.

É muito importante que em caso de primeira consulta psiquiátrica seja avaliada a presença de ambas as condições e, no caso de comorbidade, ambas sejam adequadamente tratadas,   para que o paciente tenha melhor qualidade de vida.

Texto escrito pelo Dr. Lincoln C. Andrade

Permitida a reprodução e divulgação desde que citada a fonte (autor e site)

This Post Has 2 Comments

  1. Boa tarde Dr,

    Lendo o seu artigo me identifiquei dentro da fobia social, principalmente entre a infância e adolescência, me sentia muito irritada quando tinha que ir a certos lugares como mercados, shoppings etc
    raramente saia de casa, comecei a sair por influência de uma grande amiga, hoje em dia não sei se me enquadro na fobia social, mas ainda não gosto de frequentar esses lugares.

    Parabéns pelo artigo,!

    De sua paciente,
    Caroline Marques Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *