Transtorno de Panico Curitiba (41) 3039-1890 (41) 9643-7333 saude@lincolnandrade.com.br

Você sabe qual a diferença entre ataque e transtorno (síndrome) do pânico?

Um ataque de pânico é um episódio súbito de medo, pavor ou desconforto, que se forma repentinamente e rapidamente atinge intensidade elevada. É uma sensação iminente de que algo de muito ruim vai acontecer, seguido de vários sintomas físicos e pensamentos assustadores.  Um ataque de pânico dura entre 5 e 40 minutos.

Os sintomas do ataque de pânico comportam alguns dos relacionados abaixo, mas não se limitam a eles:

  • Palpitações/taquicardia
  • Sudorese (suor)
  • Sensação de falta de ar ou sufocamento
  • Tremores
  • Dor no peito
  • Enjôo
  • Tontura
  • Sensação de que vai desmaiar
  • Medo de perder o controle
  • Medo de enlouquecer
  • Sensação de morte iminente
  • Formigamento
  • Sensação de estar distante de si mesmo
  • Sensação de irrealidade
  • Ondas de calor ou calafrios

Um ataque de pânico isolado não significa que você tem o transtorno (síndrome) do pânico. Várias situações podem causar ataque isolado de pânico, incluindo uso de certas drogas, certas doenças físicas e o uso de certos medicamentos.

Já o transtorno (síndrome) do pânico é caracterizado por ataques repetidos e persistentes de pânico, o que gera mudanças importantes no comportamento e na vida da pessoa acometida. A principal característica do transtorno de pânico é o medo persistente de ter novos ataques de pânico. Abaixo os critérios fundamentais para o diagnóstico de transtorno de pânico:

a) Ataque de pânico recorrentes e inesperados, seguidos pelas seguintes eventos:

  • Preocupação persistente com possíveis novos ataques de pânico (ansiedade antecipatória)
  • Preocupação com as consequências de novos ataques, como ter um infarto ou enlouquecer
  • Alterações do comportamento devido ao medo de novos ataques

b) Agorafobia, palavra que significa comportamento evitativo quanto a possibilidade de ter novos ataques e não poder ser socorrido, passar constrangimento, o que leva a evitar certas situações e lugares, como falar em público, frequentar shopping centers, etc

c) Os ataques de pânico não são causados por doença física, uso de drogas ou medicamentos, ou por outro transtorno mental

Resultado de imagem para panic response

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *